Dieta Vegetariana Ajuda a Controlar melhor o Diabetes

Tempo de leitura: 2 min

Escrito por Corpo Saúdavel - Emagrecendo com Saúde
em 23 de novembro de 2021

Dieta vegetariana reduz risco de doenças do coração, mas aumenta risco de derrame, indica estudo | Bem Estar | G1

O que é a dieta vegetariana?

dieta vegetariana designa um padrão alimentar que utiliza predominantemente os produtos de origem vegetal. Neste padrão de consumo alimentar a carne e o pescado encontram-se excluídos, todavia pode incluir ovos ou lacticínios.

Nos últimos anos, este padrão alimentar tem vindo a ser cada vez mais adotado pela população, sendo que em Portugal cerca de 1,2% da população não consume carne nem peixe e cerca de 0,6% é vegan.

Existem vários motivos que têm levado a população a adotar uma alimentação vegetariana, como por exemplos motivos éticos, ambientais, religiosos ou de saúde.

Dentro do padrão alimentar vegetariano, existem vários tipos, dependendo do que é ou não excluído, sendo a inclusão ou não inclusão dos ovos e/ou lacticínios um dos fatores diferenciadores.

dieta vegetariana pode-se classificar como:

  • Ovolactovegetariana – exclui carne e pescado, mas inclui ovos e lacticínios;
  • Lactovegetariana – exclui carne, pescado e ovos, mas inclui lacticínios;
  • Ovovegetaraiana – exclui carne, pescado e lacticínios, mas inclui ovos;
  • Vegetariana estrita e vegan – exclui todos os alimentos de origem animal.

Os diferentes tipos de dieta vegetariana podem ser nutricionalmente equilibrados, sendo que em algumas fases do ciclo de vida pode ser necessário um acompanhamento nutricional de forma a garantir que existe um adequado aporte nutricional.

Benefícios da dieta vegetariana

A dieta vegetariana, quando é bem planeada, é um padrão alimentar saudável e poderá ser benéfica para a saúde, prevenindo algumas doenças.

Este padrão alimentar vegetariano tem vindo a ser cada vez mais estudado, sendo que as dietas vegetarianas têm demonstrado benefícios, tais como:

  • Redução da prevalência de doenças oncológicas;
  • Redução da prevalência de obesidade;
  • Redução da prevalência de doença cardiovascular;
  • Redução da prevalência de hiperlipidemias;
  • Redução da prevalência de hipertensão;
  • Redução da prevalência de diabetes;
  • Aumento da longevidade.

Este padrão alimentar, muitas vezes, pode estar associado a um estilo de vida saudável, ao nível da prática de exercício físico, consumo de álcool e tabaco, pelo que estes podem também estar relacionados com os benefícios de saúde observados na dieta vegetariana.

Também o baixo ou inexistente consumo de produtos de origem animal podem estar associados e contribuir para os benefícios observados, uma vez que se tem vindo a relacionar o consumo excessivo de produtos de origem animal com algumas doenças crónicas.

Dieta vegetariana e diabetes

Como resultado, seguir uma dieta vegetariana reduziu significativamente a hemoglobina glicada, a glicose em jejum, o peso corporal, o índice de massa corpórea (IMC) e a circunferência da cintura, que são fatores relacionados ao diabetes.

Com isso, os cientistas puderam concluir que os padrões alimentares vegetarianos podem ser capazes de melhorar o controle glicêmico e o peso corporal em indivíduos com diabetes, apoiando sua inclusão no controle do diabetes.

Mas vale ressaltar que mais estudos são necessários para entender melhor essa relação entre a alimentação vegetariana e o diabetes.

Outros artigos de interesse

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Junte-se à nossa lista de subscritores

Entre para a nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade