A Dieta mais Eficaz para Reduzir a Gordura no Fígado

Tempo de leitura: 2 min

Escrito por Corpo Saúdavel - Emagrecendo com Saúde
em 23 de novembro de 2021

Gordura no fígado: casos de esteatose hepática crescem no país - Labor News

O fígado é um dos órgãos mais importantes do corpo humano. É ele quem regula os nutrientes como carboidratos, proteínas e lipídios, além de armazenar substâncias e lidar com hormônios. Mas quando há um acúmulo de gordura nele, é preciso se atentar para não ocasionar em problemas de saúde.

E uma solução para lidar com a gordura no fígado por meio da alimentação pode estar em uma famosa dieta da moda: a cetogênica.

Como fazer a dieta cetogênica

A dieta cetogênica consiste em uma redução drástica da quantidade de carboidratos consumidos na alimentação diária, sendo indicado o consumo de 20 a 50 gramas por dia, o que corresponde a 10 a 15% das calorias totais diárias. No entanto, esta quantidade pode variar de acordo com o estado de saúde, tempo de duração da dieta e objetivos de cada pessoa.

Para compensar essa redução, é indicado aumentar o consumo de alimentos ricos em gorduras, como o abacate, coco, sementes, azeite de oliva, amêndoas e nozes. Além disso, a quantidade de proteínas consumidas deve corresponder à 20% da alimentação diária, sendo recomendado consumir carne, frango ou peixe no almoço e no jantar e incluir ovos e queijos nos lanches.

Quando se inicia esta dieta, o organismo passa por um período de adaptação que pode durar desde alguns dias até algumas semanas, no qual o corpo se adapta para produzir energia através da gordura, em vez dos carboidratos. Assim, é possível que nos primeiros dias surjam sintomas como cansaço excessivo e dor de cabeça, que acabam por melhorar quando o corpo está adaptado.

Outra dieta semelhante à cetogênica é a dieta low carb, no entanto, a principal diferença entre esses tipos de dieta é que na dieta cetogênica há maior consumo de gorduras para compensar a falta de carboidratos.

Mudanças internas

Como resultado, a dieta cetogênica proporcionou uma redução significativa na ingestão de carboidratos pelos participantes da pesquisa, porém a quantidade de lipídeos e proteínas se manteve estável, o que levou a uma redução das calorias totais ingeridas.

O peso corporal reduziu em média 3 kg. Os triglicerídeos de dentro do fígado foram reduzidos, já a rigidez do órgão não foi alterada.

Com isso, os cientistas concluíram que a dieta cetogênica por seis dias pode diminuir acentuadamente o conteúdo de gordura hepática e a resistência hepática à insulina. Porém,  mais estudos são necessários para comprovar os efeitos da dieta cetogênica a longo prazo.

Outros artigos de interesse

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Junte-se à nossa lista de subscritores

Entre para a nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade